Revista Eletrônica da Pós-Graduação da Cásper Líbero - ISSN 2176-6231, Vol. 1, No 1 (2009)

Tamanho da fonte:  Menor  Médio  Maior

A construção intersemiótica dos sentidos em Watchmen: direcionamentos para a instauração de uma macrografia

Luiz Marcelo Brandão Carneiro

Resumo


Watchmen, história em quadrinhos de Alan Moore e Dave Gibbons, desde sua publicação original em 1986, constituiu-se modelo paradigmático de narrativa, por características estruturais que a configuram como mosaico narrativo e pelo amplo referencial artístico-cultural incorporado, instalado via tradução intersemiótica. Neste estudo toma-se a tradução intersemiótica enquanto estrutura e se a instala como forma de escrita em sentido lato, capaz de suportar um conglomerado de linguagens e de conteúdos. Denominamos essa forma ampla de escrita “Macrografia”, e a postamos como vetor de unicidade da obra e modelo de construção de textos criativos.


Texto Completo: PDF

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.

A revista CoMtempo pertence ao Programa de Mestrado da Faculdade Cásper Líbero que direciona suas atividades para a investigação das novas dimensões, articulações e significados da Comunicação na Contemporaneidade. Isso implica compreender os avanços tecnológicos e a dinamização do mercado que atravessam e delineiam os processos midiáticos como fatores mediadores determinantes na reconfiguração da Comunicação. Também, reconhecer que os produtos midiáticos adquirem novos contornos, tanto na esfera do jornalismo, quanto no âmbito do entretenimento; duas dimensões cada vez mais entrecruzadas nas manifestações da mídia.

Revista Eletrônica CoMTempo - ISSN 2176-6231